Notícia Galo

Um agregador de notícias sobre o Galo Doido com mais de 120 fontes e alguns pitacos em sua caminhada!

Dia de festa! - Atlético 2 X 2 Vitória

Era um dia de festa para marcar a ida do elenco para Marrocos disputar o Mundial de Clubes da FIFA, as coisas não começaram bem mas foram se ajeitando aos poucos, Ronaldinho marca seu retorno aos campos com uma excelente apresentação e anota mais dois gols em sua carreira, a Massa foi um espetáculo.

O Galo entrou no jogo contra o Vitória sem pode contar com 3 jogadores que vinham sendo titulares, eram eles Leo Silva, Josué e Tardelli, mas seria difícil apagar o clima de festa que tomava conta do Independência, clima que era somente para o Galo pois o visitante veio da Bahia com um problema grande para resolver, deveria vencer o Galo e torcer para o Botafogo não ver para tentar conseguir a quarta colocação e ter assim chances de ir a pré-libertadores em 2014, e o Galo em clima de festa vacilou feio ainda no começo do jogo, com 3 minutos o Vitória de forma despretensiosa conseguiu chegar a linha de fundo e acertar um cruzamento que na bagunça dentro da área acabou se tornando em gol para os baianos, o Galo não se abateu e manteve o mesmo ritmo o que foi um grande erro, 2 minutos depois o Vitória vai novamente de forma despretensiosa a linha de fundo e acaba marcando seu segundo gol e fazendo o sinal vermelho ser ligado, afinal, se as coisas continuassem como estavam o Galo iria embarcar para Marrocos com uma goleada na bagagem, o que iria ser péssimo para o moral dos jogadores, após esse segundo erro as coisas mudaram e o Galo começou a dominar a partida como deveria ter feito desde seu primeiro segundo, jogando em casa e com a Massa batendo o novo recorde de público era obrigação um bom jogo e na pior das hipóteses um empate, o Galo então começou a dominar o meio-campo e avançar sua linha de marcação, a primeira boa chance aparece aos 13 minutos com Luan conduzindo a bola pelo meio-campo e arriscando o chute, o jovem ponteiro atleticano que não sabe o que é entrar em campo sem raça e disposição para encarar qualquer dividida, é de chutão até voadoras no estilo capoeira para evitar que uma bola saia e vá para o controle do adversário, e para alegria da Massa ele melhora a cada dia sua técnica é um reserva no Galo que seria títular em qualquer outro time do Brasil sem a menor dúvida. A segunda chance não demora a acontecer com e é novamente com Luan, na cobrança de escanteio a bola sobrou na área e Luan finalizou com um forte chute mas o goleiro fez grande defesa evitando o gol atleticano, o jogo segue com o domínio do Galo e chances vão acontecendo com menos perigo para o Vitória, até que uma falta clara e para cartão é cometida, e o árbitro faz somente marca a falta não advertindo o jogador com cartão, a cobrança é da posição preferida de Ronaldinho que já vinha dando espetáculo a parte com dribles, "canetadas", "chapéus" e vários lances de feito, e na autorização do árbitro Ronaldinho manda no ângulo direito do goleiro, no canto no qual ele estava mas o efeito o engana e o que acontece é mais um belo gol de falta no Horto.

O Galo volta para o segundo um tanto desligado e quase sofre mais um gol também aos 3 minutos de jogo num lance também despretensioso no qual a defesa atleticana errou feio, daí para frente o Galo voltou a dominar a partida e pouco depois Luan acha Ronaldinho num passe entre a marcação mas havia impedimento no lance, pouco depois Jô faz o pivô e coloca a bola açucarada para Luan chegar e finalizar mas o goleiro Wilson faz outra boa defesa evitando o gol de empate do Galo, o jogo esfria um pouco e os time ficam fazendo mais hora no meio-campo do que buscando o ataque até que o Galo sobe e numa jogada Fernandinho chega a área e finaliza e o Wilson faz grande defesa, a bola vai para a linha de fundo e no cruzamento para a área Lucas Cândido cabeceia e Wilson faz outra boa defesa, duas oportunidades evitadas no mesmo lance, na continuação o Galo pressiona e e aos 23 Ronaldinho Gaúcho bate escanteio e Gilberto Silva sobe sozinho no segundo pau e acerta em cheio a bola, porém a mira não foi precisa e a bola passa raspando a trave, outra chance desperdiçada pelo Galo no segundo tempo, quando não era a defesa do goleiro baiano era o próprio Galo deixando de aproveitar chance clara que daria o empate e permitiria ao time ter mais tempo para virar o jogo. Aos 29 minutos Fernandinho faz jogada individual e é claramente derrubado dentro área, mas nenhum dos árbitros vê a irregularidade no lance e o pênalti não é marcado, a arbitragem que errou em alguns outros lances do jogo, mas o Galo não parou e foi para cima e pressionando no campo de ataque, logo após esse pênalti não marcado Cuca retira Donizete do jogo e coloca Alecsandro, com um volante o time não assimila a alteração rapidamente e sofre com a pressão do Vitória por alguns minutos e na sequência de lances que se seguiu a essa alteração, o visitante conseguiu no mínimo 2 boas chances de ampliar o placar, penetrando muito fácil na defesa atleticana que estava claramente perdida sem a presença de Donizete até que o time conseguiu se acertar dentro de campo e retomar o controle da partida, com isso voltou a atacar e a criar oportunidades, até que aos 43 Neto Berola recebe bola e penetra na área e no lance sofre pênalti que dessa vez foi marcado pelo árbitro que errou novamente ao somente "amarelar" o jogador que cometeu a falta quando deveria ser expulso como manda a regra por ser o último marcador, enfim, Ronaldinho novamente com categoria cobra e sai para o abraço, o Galo empatava a partida, já estávamos no acréscimo e o Vitória foi para cima com tudo, e novamente, num daqueles lances despretensiosos um chute para o gol, Victor adiantado é "encoberto" e para a sorte do Galo a bola bate na trave, depois isso foram somente tentativas de cá e de lá, o jogo terminou empatado com espetáculo de Ronaldinho, Luan demonstrando muita disposição e a Massa fazendo a festa, #partiumarrocos.

Esse conteúdo (exceto vídeos e imagens) está disponibilizado sobre a licença de uso - Tiu enhavo (escepte filmetoj kaj bildoj) estas disponebla sur uza permesilo LiPE
Leia Mais/Legu Plu... ►

Sem muito esforço. - Fluminense 2 X 2 Atlético

O Galo foi ao Rio de Janeiro encarar o Fluminense em seu último confronto fora de casa, muita violência por parte do mandante, muita conivência por parte do árbitro, e o Galo que já não foi lá para se esforçar demais acabou pegando muito leve, principalmente dois dos principais jogadores do atual elenco, Jô e Tardelli.

O Galo começou com uma postura muito ofensiva, uma linha de quatro atacantes como é de costume que fazia a marcação na intermediária do Fluminense, e a contar com os dias de azar que vive o time do Rio de Janeiro, isso não seria uma boa coisa para eles, porém não foi necessário esperar decorrer muito tempo de jogo para se perceber outras três coisas, uma é que apesar da postura ofensiva, os jogadores do Galo não iriam colocar pé para dividir bola com ninguém, não o fizeram o jogo inteiro, a outra que o time fluminense estava disposto a machucar jogadores atleticanos para impedir o que fosse que pudesse acontecer, a outra é que o árbitro do Espírito Santo, corretamente escalado pela CBF que não dá ponto sem nó principalmente quando se trata de ajudar aos times de RJ e SP não iria fazer nada para coibir a violência do time mandante, e não fez, antes de completar 15 minutos de jogo Luan já havia sofrido 3 faltas muito duras que deveria ter gerado 3 cartões amarelos e uma expulsão e nada disso aconteceu, o Fluminense deveria ter saído de campo com 2 expulsos já no primeiro tempo e isso não ocorreu, o árbitro deixou o time carioca "sentar o sarrafo" sem dó e ficou só assistindo, sem contar faltas que dava contra o Galo só por nossos jogadores tomarem a bola, não foi uma ou outra, mas o Galo é bem superior e como nunca precisou da CBF para nada, se concentrou no jogo, porém já aos 8 minutos Marcos Rocha se lesiona em trombada com Victor e sai do jogo, mais um no início do jogo, série muito estranha essa de contusões no Galo. Com a sequência da pressão não iria demorar muito a resistência do time da casa e foi o que aconteceu, sem fazer muito esforço o Galo montou uma linha com os 4 atacantes, vou contar o Jô, e um jogador na na sobra, a defesa do Fluminense também formou uma linha e ali começou o gol atleticano, o Galo arrumou uma jogada pela esquerda e a defesa se desmontou, a bola foi para no meio da área e na bagunça sobrou para Tardelli guardar, o Galo até então não tinha feito nada além de cercar o adversário, e Jô e Tardelli, principalmente Jô, fugiam mais do jogo que o vampiro do alho, com o gol, a violência do adversário e a conivência do árbitro o Galo resolveu se resguardar, a pressão foi grande e dois milagres foram operados na área atleticana, a resposta vem em seguida com Luan que não fugiu do jogo em momento algum, apanhou e lutou, mostrou para Tardelli e Jô como deve ser a postura de um jogador, ele chuta ao gol num lance espetacular e tenta o gol por cobertura mas o goleiro faz a defesa e evita o segundo gol do Galo por muito pouco, em outra boa chance Leo Silva vê o goleiro adiantado e tenta encobrir do meio-campo mesmo, o chute sai da meia-direita mas atento ele evita o gol que era certo caso não fosse na bola, mas aos 36, depois de tantos erros da defesa o time carioca acaba encontrando seu gol após um bate-rebate na área, nesse lance Pierre estava fora de campo por ter sido covardemente agredido o por precaução foi retirado do jogo, e mais uma vez a conivência do árbitro foi gritante, e o pior, esse senhor não será punido, para o restante do primeiro tempo entra Rosinei para fazer a função de volante junto a Leandro Donizete.

O segundo tempo começa e Jô continua na preguiça dele, nem ao menos se dá ao trabalho de incomodar os defensores, não falo de dividir a bola, estava perigoso para os jogadores atleticanos fazer isso pois iriam ser duramente agredidos e o árbitro nada iria fazer, como foi durante todo o jogo, mas ao menos se movimentar, desarmar a defesa, nada disso, Jô queria só bola fácil, longe de marcador, atitude muito feio do centro-avante do Galo e da Seleção, isso teria um resultado e negativo, aos 8 o Fluminense vira em outro erro bisonho da defesa atleticana, após isso o Galo pressiona um pouco mais, porém evita ao máximo o "racha" com o time mandante e não era difícil de se notar isso, e nem precisaria, o time do Rio de Janeiro está numa zica tão forte que não é preciso muito para vencê-lo, é a realidade, e o Galo ia deixando o tempo passar sem pressa de fazer gol, Jô que recebe a bola livre mas chuta para fora, depois foi Tardelli cobrando falta  não muito forte e a defesa do goleiro, o cai-cai do time do Rio de Janeiro começa e acontece de forma descarada, jogadores caem e após serem "atendidos" voltam a correr como se nada tivesse acontecido, saem de campo, entram e caem novamente para serem substituídos, nesse momento, com o time da casa vencendo o jogo estranhamente acaba a violência contra os jogadores atleticanos e as faltas começam a ser marcadas quase que corretamente, o Galo não poderia fazer gols é claro, essa era a ideia, mas como já foi dito o Galo nunca precisou da CBF para nada, é o time com maior patrimônio bruto do país sem ajuda de entidade esportiva ou televisão, tem uma torcida imensa e vários títulos, tudo conquistado em campo com muito suor e sangue derramado e trabalho, Cuca retira Michel e coloca Alecsandro, e em seu primeiro lance acerta um cabeceio na bola que o goleiro só acompanha sem nada poder fazer, o Galo empatava o jogo tendo que enfrentar a violência desmedida e desnecessária e a conivência da arbitragem e acaba com a festa, o drama voltava ao seu lar de origem para açoitar com cobrança aqueles que devem, já muito próximo do fim da partida e sem forças, o adversário não conseguia fazer nada frente a superioridade atleticana, não é vergonha para eles pois enfrentavam o melhor time da América e um dos melhores do mundo, o Fluminense hoje é muito mais fraco sem dúvida alguma, Tardelli ainda acertaria a trave e daria uma chapéu proporcionando um lance sensacional dentro da área do adversário, o Galo não precisou de muito e não fez quase nada, só não pode ter essa postura quando estiver valendo, sem mais.

Esse conteúdo (exceto vídeos e imagens) está disponibilizado sobre a licença de uso - Tiu enhavo (escepte filmetoj kaj bildoj) estas disponebla sur uza permesilo LiPE
Leia Mais/Legu Plu... ►

Metralhando geral! - Atlético 4 X 1 Goiás

O Galo recebeu o Goiás para fazer o que deveria estar fazendo o campeonato inteiro, pegar os time mais fracos e atropelar, agora é tarde demais para tentar fazer isso e o único motivo para tal é se preparar para o Mundial, um belo motivo diga-se só de passagem, e o Goiás sofreu nas "mãos" de Luan e Tardelli.

O Galo não deu tempo para o Goiás, já começou pressionando e mandando o recado de que a vida do time esmeraldino não
seria fácil no Horto, era forte marcação sem a bola e ataque fulminante com a bola, quem desde o início demonstrou com claridade que iria comandar o espetáculo era Luan e Diego Tardelli, os dois muito dispostos e encaixando jogadas  muito boas, a movimentação do dois deixava o time visitante perdido na marcação desde o primeiro lance de perigo, num lance no qual Marcos Rocha cruzara da direita e Luan chegava a frente do seu marcador, faltou pouco para o placar ter sido estreado já aos 3 minutos de partida. O Galo não parou e Fernandinho que vem se tornando coadjuvante no Galo não por estar jogando menos, pois continua muito bem, mas sim por Luan estar tomando conta do time da defesa ao ataque, deixa o seu mas estava impedido e o gol é corretamente anulado, o gol seguia quente e o Galo pressionando, em uma cobrança de falta o Goiás manda a bola próxima ao gol, mas a resposta não tarda a acontecer, 1 minuto após o lance Luan lança Fernandinho que tenta tirar do goleiro que rebate a bola e na sobra o próprio Fernandinho completa de cabeça sob a marcação de dois jogadores do Goiás, agora sim o placar estava aberto e o Galo na frente, e nem por isso o ritmo iria diminuir, o volume de jogo do Galo continuou o mesmo, o trabalho de bola fica mais presente com o recuo da linha de ataque do Goiás, quando sobe o time de Goiânia consegue dar trabalho a Victor que faz uma importante defesa, o Galo não deixa por menos e 2 minutos após Fernandinho lança Tardelli que invade a área e chuta não deixando chances para que o goleiro defendesse, o Galo amplia o placar. Com a pressão o Galo vai conseguindo lances importantes na partida e um deles acontece com Fernandinho que recebe a bola na área, dá um chapéu sensacional e chuta para a defesa do goleiro Renan, tudo isso em um pequeno espaço, no final do primeiro tempo o Goiás consegue seu gol após cobrança de lateral e uma grande bagunça na área atleticana.

O Galo volta para a segunda etapa sem nenhuma alteração feita e com a mesma pressão, o Goiás tenta adiantar sua linha de ataque mas o Galo marcava bem, em um lance em que Luan coloca a bola para Tardelli o Galo quase marca outro gol se não fosse a excelente defesa do goleiro Renan, que consegue espalmar o chute, com a pressão contínua o Galo chega com Fernandinho que dribla a marcação e chuta cruzado para encontrar do outro lado da área Alecsandro, porém a defesa do time goiano consegue desviar a bola que tinha endereço certo , o Goiás tem outra chance, o jogador do time esmeraldino invade a área mas chuta para fora, o Galo que não queria saber de brincadeira responde novamente com Tardelli em um lança sensacional, com Tardelli conduzindo a bola desde o meio-campo e passando para Luan bem posicionado na área que devolve de "prima" em um toque de letra deixando a marcação desorientada e Tardelli domina e completa com um chute no canto esquerdo do goleiro Renan que só fica na tentativa de salvar o que não teria como salvar, o Galo marca mais um, amplia o placar para 3, o Goiás tenta pressionar mas não tinha a sorte de vencer a boa marcação do time atleticano, Lucas Cândido vem fazendo excelentes partidas e ganhando cada vez mais a vaga de títular no time atleticano, é um jogador que está assumindo a responsabilidade como poucos fazem, pouco tempo depois o Galo voltaria a ter uma chance, Tardelli conduz a bola sozinho na ponta-esquerda, invade a área e vê Alecsandro que recebe o cruzamento mas acaba caindo ou se jogando na área, a única coisa certa nesse lance é que Tardelli ficou irado com o Lec-lec que não aproveitou a chance, dois minutos após esse lance Tardelli recebe a bola na ponta-esquerda e sai desmontando a defesa do time esmeraldino e entrando rumo ao gol, quando está claro para ele chuta de esquerda e faz seu terceiro gol na partida, o Galo diminui um pouco o ritmo mas continua pressionando e tomando conta do jogo, não deixa o Goiás crescer, Josué carimba de longe o gol adversário que obriga Renan a fazer grande defesa, no primeiro tempo Pierre havia feito o mesmo, o jogo esfria, já estava garoando no Horto e o campo escorregadio fez com que os jogadores, principalmente do Galo fizessem um jogo mais de toque, muito certo após uma partida tão bem jogada, até que o árbitro apita pela última vez e encerra a partida, grande vitória e excelente jogo, poderia ter feito mais jogos iguais a esse e quiçá estaria buscando outro título na temporada.



Esse conteúdo (exceto vídeos e imagens) está disponibilizado sobre a licença de uso - Tiu enhavo (escepte filmetoj kaj bildoj) estas disponebla sur uza permesilo LiPE
Leia Mais/Legu Plu... ►

Notícias do Galo

Twitter - Site do Galo

Youtube - TV Galo

Twitter - TV Galo

Clube Atlético Mineiro - Enciclopédia Galo Digital

Twitter - Galo Digital

Flickr - Galeria de Clube Atlético Mineiro

Somos Galoucura

O Canto do Galo

Google Groups - Atlético

Blog do Rei

Eu te amo Galo!

Copo Sujo - Atleticanismo Militante de Buteco

MontagensDGalo

Impurrasbicha!

Torcedor Atleticano

LANCES & NUANCES

GONZAGA GALO

Legião Alvinegra

Portal da Massa

Voz do Galo

Jornal do Galo

Galo é minha Vida

Planeta CAM

Vamu Galo

Na Crista do Galo

Futebol É Freud: Estado crítico de emputecimento

Diário do Galo

Paixão Preto e Branca

Atleticanos - Uma só paixão

Contagiando Multidões

Galo Show

Galo Generation

INCONDICIONALMENTE GALO

Vingadorez - Sempre Galo!

Galo Forte e Vingador

Voz Atleticana

Blog Galo Doido

SomosCAM - Uma vez até morrer!

Uma vez até morrer!

Galo Sempre

BLOG DO GALO - Galo é Amor

Arquibancada Alvinegra

CNN do GALO

Blog dos Atleticanos

Blogão do Atlético Mineiro

Galo de Prata 13

Galo: Preto no Branco

Diário do Campeonato

Galo Forever

Galo pelo Mundo

Louco pelo Galo!

Galo Doido FP

Galocast - A Podcast da Massa

movimento105.com

Esporte Interativo

Fred Kong | Blog do Torcedor do Atlético-MG

Fórum do Galo

Youtube - Soares Galo¹³

Youtube - Paixão Preta e Branca

Youtube - CNN do Galo

Youtube - AtléticoNews

Youtube - Galo Generation

Youtube - Fórum do Galo

Galo é meu Amor

Observatório do Esporte

SuperEsportes

Terceiro Tempo

Gazeta Esportiva

GloboEsporte.com

Goal.com News

Twitter - Kalil

Twitter - Gropen

Twitter - Reinaldo

Twitter - Marques

Twitter - Renan Ribeiro

Twitter - Guilherme

Twitter - Rever

Twitter - Leandro

Twitter - Diney

Twitter - Bernard

Twitter - Mario Henrique Caixa

Twitter - Emerson Romano

Twitter - Milton Naves "Show de Bola"

Twitter - Fórum do Galo

Twitter - Galo é Minha Vida

Twitter - Galö Metal

Twitter - SempreGalo

Twitter - movimento105min

Twitter - Torcida Tweetgalo

Twitter - BLOG DO GALO - Galo é Amor

Twitter - Geral do Galo

Twitter - CNN do Galo

Twitter - Galo Generation

Twitter - Galonews

Twitter - Galo Forever

Twitter - Galo Forte e Vingador

Twitter - Contagiando Multidões

Twitter - DG Mounts Cock

Twitter - Copo Sujo

Twitter - Roberto C. Filho

Twitter - Siga Seu Time

Twitter - @FC_CAM

Twitter - Galo: Preto no Branco

Twitter - Robson Roma

Twitter - Marco Lucio

Twitter - Galo É Meu Amor

Twitter - Blog dos Atleticanos - GALO

Twitter - Blog do Galo

Twitter - Loja do Galo Savassi

Twitter - Galo pelo Mundo

Twitter - Galo de Prata 13

Twitter - 13GaloNews

Twitter - Lado A

Twitter - Galocast

Twitter - Na Crista do Galo

Twitter - Pedro Couttinho

Twitter - CAMGaloForte

Twitter - Atleticogalo

Twitter - Massativa

Twitter - Galonautas

Twitter - Siga Seu Time

Twitter - UOL

Twitter - Terra

Twitter - Placar

Twitter - GloboEsporte

Identi.ca - Grupo Atlético Mineiro